Buscar
  • Equipe Sindprofissional

Como Fazer uma Boa Gestão no Condomínio


Cada condomínio possui suas particularidades, e não há uma maneira correta de gestão que resolva os problemas de todos, porém, as boas práticas de gestão do mundo corporativo,, o bom convívio social e a capacidade de liderar pessoas, são algumas ferramentas que contribuirão com o sucesso da gestão condominial.


Listamos abaixo algumas dicas que podem auxiliar o síndico a ter sucesso em sua gestão:


• Organizar a liderança: é importante o síndico conhecer e liderar os conselheiros, subsíndicos e demais membros do corpo diretivo. O síndico deve estar aberto ao diálogo e ser imparcial, para não criar problemas pessoais.

• Conhecer muito bem o prédio: para organizar todo o plano de manutenções do prédio, o síndico deve conhecer cada ponto que necessita de manutenção preventiva e ser capaz de mapeá-los para que os outros possam dar continuidade em seus serviços, em caso de ausência do mesmo. Desta forma, o síndico pode realizar outras atividades tipo:

• Saber ouvir: cada condômino tem uma história diferente, portanto, necessidades diferentes. Isso significa que para lidar com cada indivíduo, é preciso entender a situação em que se encontra.

• Ser organizado: o síndico deve ser capaz de organizar a documentação do prédio, organizar bem seu tempo e como vai utilizá-lo. Também é importante saber o quanto pode gastar com cada tipo de despesa, e documentar todas as movimentações financeiras.

• Ser transparente em suas ações: é importante o síndico apresentar para os moradores seus feitos, através de publicações, avisos, comunicados e conversas com o corpo diretivo, sendo uma forma de eliminar dúvidas e suposições sobre as ações da gestão do condomínio.

É importante o síndico analisar com cautela tudo que gera influência no seu condomínio (pessoas, sistemas, prestadores de serviços, órgãos públicos, etc) para saber como as ações devem ser tomadas em caso necessidade, e deve ter ciência que está lidando com pessoas com perfis diferentes, muitas vezes com dificuldades e interesses próprios, portanto, o síndico deve estar preparado para solucionar diversos problemas.


Texto do Colaborador Felipe Prado

12 visualizações
logo-sindprofissional.png