Buscar
  • Equipe Sindprofissional

Como descartar o seu lixo no Condomínio?


Dar um destino correto a resíduos ainda é um problema enfrentado pela maioria das cidades em todo o país. Hoje em alguns locais podemos encontrar pontos de coleta de produtos recicláveis, mas essa ação pode ir além se as pessoas passarem a praticar a coleta seletiva em casa. A Administradora de Condomínios Sindprofissional dá algumas dicas para descartar de forma correta o lixo do seu condomínio.


1 – Primeiramente, é preciso separar em casa três tipos de resíduos: lixo orgânico, lixo material não reciclável e lixo material reciclável. Separe também os resíduos orgânicos dos secos. E sempre utilize sacos biodegradáveis. Alguns exemplos de materiais que você pode separar na coleta seletiva e encaminhar para a reciclagem são potes, garrafas e embalagens de plástico e vidro, papel sulfite, jornais, papelão, revistas, embalagens de metal, materiais de ferro, garrafas pet, latinha de alumínio sacos plásticos, canos de plástico ou metal, tecidos, couro, fios elétricos, pregos, parafusos e alguns equipamentos eletrônicos. Agora, conheça aqueles que não é possível reciclar: papel carbono, papel celofane, etiquetas e fitas adesivas, fotografias, latas de tinta e verniz, espumas, cabo de panela, esponjas de limpeza, embalagens de produtos tóxicos, vidros temperados, esponjas de aço, embalagens metalizadas, espelhos, vidros, porcelana, cerâmica, cristais e isopor.

2 - Óleo de cozinha usado também é reciclável. Algumas pessoas, ou entidades, transformam o óleo em sabão. Uma única lata de 1 litro de óleo usado, despejada na pia, além de entupir o encanamento, pode contaminar até 18 mil litros d’água, quase dois caminhões pipa.

3 - Baterias de telefones celulares geram lixo tóxico. Por isso, uma alternativa ao descarte deste material no lixo de casa, é entregar as baterias velhas em lojas de eletrônicos. Muitas delas encaminham o material para reciclagem.

4 - Se não for possível fazer o transporte do material reciclável, é possível fazer contato diretamente com as cooperativas de catadores, eles podem fazer a coleta para você. Outra possibilidade é ficar atento aos dias de coleta feita nas ruas, pois os catadores sempre acompanham o calendário e passam horas antes nas vias programadas. Manter os resíduos separados facilita o recolhimento por parte dos catadores e preserva aqueles embalados para descarte.

161 visualizações
logo-sindprofissional.png